Horcruxes Rpg - Welcome to the new world
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Durante anos, a existência da magia e dos próprios bruxos fora mantida em segredo, com os cuidados do Ministério da Magia. Mas agora, algo ameaça isso que eles tanto prezam. O que pode acontecer se as opções escolhidas no passado colocarem em risco o futuro?

Nos últimos tempos, o controle de criaturas mágicas tem sido muito mais rígido, devido às ações de segurança do, então eleito, novo ministro da magia. Segundo ele, essas criaturas inferiores não necessitam de metade dos direitos impostos por seu antecessor.

Seguindo suas ordens, o Ministério passou a controlar o número de indivíduos de cada raça, assim como demarcar o seus territórios mais rigidamente. Com o controle e o território rigidamente estruturados, as condições foram de mal a pior, e como conseqüência algumas raças começaram a se rebelar.

A noticia da extinção de uma delas incentivou a criação de um grupo contra o ministério. O profeta diário, diz ser de fonte segura a informação publicada na edição do dia 29 de Setembro de 2052, a qual afirma que há no mínimo dois representantes de cada raça, aparentemente liderados por um centauro.

Murmúrios levaram os acontecidos até Azkaban, mesmo o ministro tentando pessoalmente abafar o caso. O movimento nas poucas celas ocupadas começaram a surgir, e pouco tempo depois houve uma inevitável fuga, ocasionada pela falta de atenção do ministério para com a vigilância de seus prisioneiros.

Apesar dos grandes esforços na busca, alguns deles ainda não foram encontrados, e por esse motivo o ministério precisou se manter alerta para este fato também. Os problemas começaram a surgir e estão cada vez pior, as esquinas nunca foram tão ameaçadoras. E agora, o Ministério sozinho já não é o suficiente.


Período - What's going on now?


Dia: 25/11/2052, Segunda-feira
Início do Período: 29/05/2010
Fim do Período: 25/07/2010
Tempo:
9°C, tempo frio e ventos leves, intensificados à noite.
Lua: Cheia
Ações: tempo livre dos alunos em Londres
Aulas: Período livre de aulas






Rodrigo
Felipe
Amily
William
Amanda
Ramires



Slytherin 149
Gryffindor 085
Ravenclaw 111
Hufflepuff 108




The Star

Sorata Matsuri
A pirralha. Dentre as pessoas ali ela seria a primeira que eu imaginaria negando-se a aparecer. Kamui rodou os olhos quando encerrei a conversa amigável que estávamos tendo e fui na direção da mesa. Do modo silencioso que me aproximei, seria improvável que ela tivesse notado minha aproximação, já que estava de costas.

- pensei que seria a última pessoa que veria por aqui... – comentei, quando estava próximo, cruzando os braços enquanto observava sua figura.


The Villain

Lúcifer Deimos
- Você agindo desta maneira me parece mais um gatinho acuado do que um anjo , Gabriel.

Lucifer riu da tentativa falha de gabriel de lhe assustar e com a mão que ainda lhe prendia voltou a lhe prender conta a parede desta vez apertando seu corpo contra a mesma, e fazendo com que a Varinha do Enkelis caísse no chão.

- Não precisa ter medo, deixe-me começar e você vai pedir por mais.


The Gentleman

Ongaku Matsuri
- Calma, calma... eu tenho um plano! - fez uma pausa imaginando que palavras usar - Você deve ter percebido que eu andei sumido por estes tempos, não? É por que eu estava treinando uma magia antiga, é uma técnica antiga que já foi usada por alguns bruxos muito poderosos para defender seus tesouros. - achou melhor não comentar que foi usado, também, para eliminar inimigos - Eu aprendi a fazer inferis! A frase saiu muito pior do que ele havia imaginado, agora ele parecia ser um maníaco. Magia das trevas, quebrar regras básicas do colégio e se colocar em risco. O mal estava feito, nada mais se podia fazer, a não ser esperar para ver o que o primo acharia disto.

The Lady

Júlia de Andrade
Mas antes de subir, encontrei com Seto. Ele parecia meio indeciso sobre de onde assistir o jogo e eu realmente tive de sorrir com isso. Ele era um grifinório, o natural seria torcer pelos vemelhinhos, mas Marcelo era um dos melhores amigos dele e primo e Akane... Bom Akane era a irmã dele.

Acho que realmente ficar na arquibancada da grifinória e acabar acidentalmente ouvindo alguém incitar um batedor a lançar um balaço nela não seria algo lá muito saudável para ele... Ou para quem disse tal coisa, óbvio.

- hn... Sabe, você podia esquecer da sua casa e subir comigo – disse apontando a arquibancada da corvinal. - melhor que ficar indeciso no meio do caminho. Eu sei que você vai acabar torcendo pelo Marcelo e a Akane de qualquer maneira... – disse dando de ombros.


The Comedy

Kimihiro Matsuri
Eu quero ver, quero quero quero quero quero! Nhaaa será que meu Onii-sama deixaria eu ver o caderninho dela? '0' Não custa perguntar né? Afinal, quem tem boca vaia a Roma, no caso, fala com o irmão misteriiii~

Logo ela saira da biblioteca e eu ficara sozinho com Sorata. Pela primeira vez no dia estávamos a sós e juntos. Assim pude fazer aquilo que eu queria fazer desde manhã cedinho. Abraçar meu irmão com força até esmagar ><'' Um abraço forte e quente era o que eu costumava dar em meu irmão quando estávamos juntos. Eu me sentia confortavel perto dele, protegido literalmente '0'

-Aquela pasta, me deixou confuso. Desde quando você escreve partituras? Não me contou algo assim, que cruel ;3;''


The Romance


Guilherme de Andrade e Gabriel Enkelis
- É só um abraço... Certo? – perguntou, um pouco de hesitação era visível no tom de sua voz o qual Gabriel provavelmente notou.

– Não Guilherme, é só um pretexto para eu te agarrar aqui mesmo e te beijar... – Disse Gabriel serio para Guilherme quando o mesmo questionou o seu pedido de abraço, depois um sorriso bem calmo apareceu no rosto do sextanista. – Brincadeira. - antes que se arrependesse da sua decisão ou Gabriel continuasse a falar, Guilherme encurtou a distância, o abraçando de uma vez.

Era ao mesmo tempo estranho, mas nostálgico. Parecia ao mesmo tempo certo e errado... E ele não conseguia definir aquela situação com palavras por que, sempre que tentava, elas pareciam contraditórias demais...


The Moment

Telbalt Yura
Logo ele notara que alguém começara a cair da vassoura. Mas que coisa, mal começara a temporada de Quadribol e Tebalt já teria a chance de atacar alguém que sanguraçe no meio do campo. Seria uma cena épica. O vampiro lutando para se controlar enquanto aquele sangue fresco escorrega sobre a grama molhada pela chuva de madrugada. Seria uma sensação de extremo agrado...Prazer. Afinal, não havia nada melhor que o sangue fresco de alguém.

-Será que ela chega ao chão...?-Falou bem baixinho e mentalmente torcia para que sim, queria sangue...Queria muito sentir o cheiro, só de pensar já começava a sofrer as alterações corporais.





Horcruxes Rpg


Para fazer parcerias com o nosso fórum, logue na conta Parcerias com a senha parceria123 e mande uma mp para The Locket com o link do seu fórum e o código do botton. Assim que o nosso for adicionado às parcerias, estaremos adicionando o seu:


Two-Way Mirror RPG The Requiem ImperiusNova EraGOD BLESS UMinistry Of Magic RPGPoint MeDrumstrang rpgFórum grátis



Horcruxes Rpg é hoje uma realização de Rodrigo, Will, Lipe, Vanne, Rami, Amily e Amanda. Nossos agradecimentos também a Bel e Miguel que nos ajudaram no início do fórum a tornar isso possível.

Layout do fórum por Amanda com imagens retiradas do site Deviantart. Código do css-base por esmé do RCR com modificações e adaptações feitas por Amanda.

O conteúdo, no entanto, foi baseado nas obras de J.K. Rowling, com adaptações para a trama e história do jogo, mas nós não temos nenhum lucro com isso.

Creative Commons License

Horcruxes Rpg © 2009

Compartilhe | 
 

 Kotaro Nakayama

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kotaro Nakayama
Ravenclaw - 6º ano
Ravenclaw - 6º ano


Mensagens : 10
Player : Jonny (João)

Força : 2
Constituição : 3
Agilidade : 5
Inteligência : 5
Destreza : 3
Mira : 4

Warning :
Exp :
6 / 1006 / 100


MensagemAssunto: Kotaro Nakayama   Seg Dez 14, 2009 10:09 pm

Aboutme


Nome: João.
Idade: 12
Contato: FERRAZ-9@hotmail.com
Quais os livros de Harry Potter que você já leu? Todinhos
Quais os filmes da saga Harry Potter que você já assistiu? Todos que já lançaram.
Já participou de outros fóruns de RPG? Quais? Sim. Prisma, Beauxbatons, Olympich chronicles e outros.
Já possui outros personagens nesse fórum? Quais? Sim. Vaniscréia de Oliveira, Jesse Jack, Leandro de Andrade e Norah H. Prince

Abouthe


Nome: Kotaro Nakayama
Idade: 16 anos.
Data de Nascimento: 14/12/2036
Local de Nascimento: Tóquio, Japão.
Ano escolar:
Onde mora durante as férias: Na Mansão Nakayama, em Tóquio, Japão.
Raça: Mestiço. O pai é filho de bruxos, mas nasceu trouxa e a mãe é filha de trouxa, mas nasceu bruxa.
Varinha: Azevinho, 25 cm., flexível, casco de centauro.
Possui algum animal de estimação? Qual? Sim, um gato branco chamado Kymuh.
Possui alguma habilidade ou item especial? Qual Não.
Avatar: Miku do An Cafe.

Força: 2
Constituição: 3
Agilidade: 5
Inteligência: 5
Destreza: 3
Mira: 4

Aboutthehouse


Corvinal: Os sábios que prezam pelo conhecimento.


Aboutthestory


Made In Japão

    Tudo começou em uma tarde chuvosa, onde uma mãe desesperada corria pelas ruas de Tóquio. Ela precisava de alguém que a levasse até o hospital. Sua barriga estava enorme, e ela mal conseguia se locomover. A dor era forte, mas o seu filho tinha que nascer de qualquer forma. Como estava com apenas oito meses de gestação, não pediu que ninguém ficasse com ela em sua casa. Seu marido tinha viajado para a Índia, pesquisar sobre a cultura de lá. Ele era a única pessoa que morava com ela, e não tinha mais ninguém a quem clamar por socorro. O único jeito foi sair desesperada. Não passavam táxis na rua, e ela cada vez mais ia perdendo a suas forças. Que eram muito poucas. Aos poucos sentiu o seu corpo cair no chão, e nada mais viu. Isso é como morrer, entrar em coma. O desmaio provoca algo desconfortável, mesmo que a pessoa não sinta nada. A última coisa que se ouve ao desmaiar grávida, é o seu próprio grito que ecoa pela mente, e só para depois do despertar.

    -
    Ama-kun, acorde! Por favor, não me deixe desesperado! Voltei de viagem por você! – A viagem foi rápida, já que o Sr. Nakayama tinha conseguido um jato. Como a mulher possuía em um dos bolsos do vestido o número do telefone para caso de emergência, o hospital logo ligou, e ele pôde chegar rapidamente. – Ama, é o Kiru. Acorde! – Ele passou a olhar para a médica, e saiu da sala onde a sua mulher se encontrava. Eles passaram a conversar sobre o estado de saúde da jovem japonesa.

    Aos poucos ela ia acordando, abrindo aqueles olhinhos puxados. Tinha saído do estado quase-morte. Porém, não sentia mais aquela grande barriga. Parecia estar vazia, sem o seu filho. Kotaro – nome escolhido pelo pai – tinha dado mais trabalho do que o previsto. Enfim, tudo tinha saído bem, não há com o que se preocupar. Ama tentou se levantar e saiu da cama ainda pálida. Como estava sem forças, seus passos foram curtos e lentos, mas ela conseguiu chegar ao seu marido.

    -
    Ama-kun! Volte já! Não era para você sair da cama! – Ela deixou rapidamente a enfermeira e correu para perto da sua mulher, levando-a até a cama. – E vê se não sai daí, Ama-kun! Pode ser pior para você. O Kotaro está bem, ok? Ele está seguro. Nasceu cedo, mas está muito bem. Se acalme, nós logo-logo o veremos. Ah! O seu parto foi ótimo – segundo as enfermeiras. Nenhum problema. Graças à Merlin! – Ele deu uma pausa, e olhou para Ama, que deu uma risadinha de deboche. – É assim o nome daquele cara supremos dos bruxos, né? – Os dois caíram na risada e passaram alguns minutos conversando. O pequeno bebê logo chegou nos braços da enfermeira. Ele era perfeito, a pele branca como neve. Tudo que Kiru e Ama mais queriam. Kotaro tinha sorte de nascer naquela rica família. Família não só rica, mas também muito receptiva.

    - - - -

    O jovem cresceu rápido, e em poucos anos tornou-se mais alto que o próprio pai. Desde novo soube de que era bruxo, e aceitou isso normalmente, sem revelar a ninguém a sua verdadeira “identidade”. O jovem só tinha um problema sério: era anti-social. Ele sempre se afastou dos colegas e se achava o melhor em tudo. Não que os seus pais nunca te ensinaram o certo, mas ele nunca teve a vontade de aprender. Por este mesmo motivo, cresceu só, sem a companhia de ninguém. Passava horas e horas dentro de casa, jogando videogame ou assistindo tevê. Kotaro sempre preferiu eletrônicos, e não amigos. Os pais nunca gostaram do esilo do filho, mas mesmo assim, permaneciam calados, e apenas observavam a rotina de Kotaro.

    Mesmo vivendo só, o garoto conseguiu se tornar muito inteligente e esperto. Os brinquedos eletrônicos saíram de sua vida, e os livros entraram sem pedir licença. Os seus conhecimentos tinham sido importantes em toda a sua vida. Desde o primeiro ano, exigiu de si mesmo o estudo. Por isso, conseguiu medalhas e foi reconhecido na escola com aluno exemplo. Como tudo tem um porém, mesmo sendo tão reconhecido, o garoto nunca teve muitos amigos. O seu grupo já era os suficiente para não se sentir só. Ama e Kiru nunca ficaram alegres com o jeito do filho, mas nunca gostavam de se intrometer.

    Nunca teve dificuldades em Hogwarts, e sempre passou de ano, sem dificuldade alguma. Kotaro nunca ligou muito para meninas, daí veio a sua fama de gay. Ele sempre achou garotas uma perda de tempo, e nunca deixou de estudar para prova para poder sair com alguém. Como ele é considerado muito bonito, recebe cantadas e convites a todo o momento, mas os recusa sem antes mesmo hesitar. Mais uma vez seus pais nunca concordaram com isso, e mais uma vez ficaram quietos. Foi desse jeito que o Corvino se tornou rebelde e anti-social. Como os pais sempre permitiram tudo, ele se encontrou no direito de ser rebelde. Ele nunca teve limite – não que alguma parte da sua vida tenha feito algo de errado – e fez tudo do jeito que achou que fosse “certo”. As suas discussões com os pais sempre desapareciam no dia seguinte, e cada vez mais ele ia se alto prejudicando.


He is... And others details

    Kotaro é uma pessoa que não possue muitos medos, e os que tem, prefere manter escondido. Ele não é muito aberto, e quando sente alguma coisa, não recorre até os pais ou aos amigos. Mesmo assim - com tantas brigas -, ele é carinhoso com os pais, e os ama como qualquer filho normal ama os pais. Ele só não gosta muito de contar os seus detalhes pessoais. Ah! Sua vida não tem mesmo nenhum detalhe... O máximo que pode expôr é o quão ele é inteligente. Mas isso, todo o mundo sabe. E então, digamos que ele não diz nada da sua vida para os pais. Fato: eles não debatem nada em casa.

    Poucas pessoas entram na mansão Nakayama, que fica figiada por seguranças muito bem treinado para o que der vier. A casa passou a ser vigiada depois do assalto que aconteceu logo depois de uma semana em que o Sr. e a Sra. Nakayama se mudaram para lá. Antes moravam em uma casa não tão luxuosa quanto a mansão, mas que oferecia muito, como a atual. No assalto, os ladrões assassinaram a avó de Kotaro e dois empregados da casa. Isso sem contar os dois milhões roubados do cofre da família. Eles não fizeram o pior porque a polícia foi logo acionada e os meliantes fugiram depressa, para não serem pegos. Isso arruinou a família por dois anos, mas eles conseguiram - depois de muito esforço - recuperar tudo. Mas para isso, muito suor foi gasto, pois os dois trabalharam dobrado. Aquele dinheiro estava guardado a tempos, e serviria para o futuro filho. E se não fosse por isso, os casal mal ligaria pelo ocorrido, sendo que já tinham dinheiro guardado no banco da cidade. Quanto ás mortes, da parte de Ama foi uma tristza, uma vez que a mãe dela tinha sido morta. Kiru ficou muito abalado também, e pagou uma boa quantia em dinheiro para a família humilde dos empregados. Eles aceitaram, pois estavam precisando muito de dinheiro para pagar o aluguel atrasado...

    - - - -

    O que sempre chamou a atenção no jovem, foram os seus cabelos. Ora negro, ora ruivo... Alguns dizem que ele seja metrosexual, outro dizem que ele seja afeminado, mas ele bem sabe o quanto homem ele é. As pessoas costumam julgar os outros pelo simples fato de pintar o cabelo. E como um membro muito tradicional da família Nakayama, procura não se importar com o que os outros dizem sobre o seu... cabelo! Caro leitor, alguém que não tem o que dizer, tem sempre que implicar com o que o Fulano tem de errado. As pessoas tentam achar erros nos outros - e julgá-los -, mas nunca olham para si mesmo, e procuram os seus próprios defeitos. u.u

    A sua pele branca, também atrai os olhares de muitas pessoas. Os olhos, também são uma parte do corpo que Kotaro procura mudar muito, para não enjoar da cor. xD Ele usa diversas lentes de cores variadas, e sai normalmente como se nunca tivesse mudado de lentes. Isso é outra coisa que desperta críticas. As pessoas tornam a jusgá-lo pela aparência. Se bem que o seu interior não guarda muita coisa bonita não... E eu posso apostar que ninguém queira explorar o que ele tem por dentro...

    O garoto possui uma tatuagem que fez escondido aos quinze anos. Ele tem um amigo da Corvinal que tem outro amigo que faz tatuagens - mas tudo escondido. E para mostrar o quanto moderno é, desenhou nas costas um tigre. Por isso ele não gosta de andar seminu pela sua casa. Pelo o que ele diz, não se arrepende de nada, e faria novamente se pudesse.

    Ele se veste bem, com roupas descoladas e muito caras. O seu visual muda a cada semana. E se não me engano, ele está usando hoje, uma blusa rosa escuro, com um tenis branco, e uma calsa jeans. Claro que tem os seus complementos: anéis, colares, pulseira... E até um pircing que colocou a pouco tempo, mas isso, até os seus pais sabem. Ele fica abaixo dos seus lábios e como tudo nele, chama muito a atenção.

    Kotaro é fã de caveiras e em todo o lugar do seu quarto você encontra uma. Ou em chaveiro, ou em desenho ou até mesmo na tela do computador. Isso começou a tornar o seu "vício" depois dos treze anos, onde passou a freqüentar uma buatchy lá em Tóquio. O pessoal de lá era muito do estilo punk, e também adoravam caveiras. E por causa desta influência, ele também passou a gostar.

    Existem - claro - inúmeras outra coisas que ele gosta, mas eu não quero passar o dia as listando. O que eu posso dizer é que a partir de agora você curtirá as aventurar idiotas do idiota Kotaro.


"Oh Happy Day..."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
The Ring
Trama/Narração
Trama/Narração
avatar

Mensagens : 344
Player : Will

Força : 10
Constituição : 10
Agilidade : 10
Inteligência : 10
Destreza : 10
Mira : 10

Warning :
Exp :
100 / 100100 / 100


MensagemAssunto: Re: Kotaro Nakayama   Seg Dez 14, 2009 10:22 pm

Um Anel foi posto sob a mesa, assim que relastes nesse objeto mágico um filme de sua vida passou diante dos seus olhos, esta Horcruxe julgarás se estas apto a entrar nesse mundo mágico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
The Ring
Trama/Narração
Trama/Narração
avatar

Mensagens : 344
Player : Will

Força : 10
Constituição : 10
Agilidade : 10
Inteligência : 10
Destreza : 10
Mira : 10

Warning :
Exp :
100 / 100100 / 100


MensagemAssunto: Re: Kotaro Nakayama   Seg Dez 14, 2009 10:31 pm

Senhor Nakayama: Erros minimos em sua ficha não me impedem de te aceitar, então considere liberado.

Não esqueça de distribuir seus pontos de atributos corretamente em seu perfil.

"Que a ressurreição te encontre no momento que mais precisar dela".

O Anel
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Kotaro Nakayama   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Kotaro Nakayama
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Horcruxes Rpg - Welcome to the new world :: Horcruxes Rpg :: Regras :: Fichas Aceitas :: Corvinal :: 6° Ano-
Ir para: